Alemanha

Jakob Schneider

Constelações
Formador e Supervisor de Formação Avançada em Constelações Familiares

Palestras

[Dia 2 ]
09.00 am - 11.00 am
Theme: Constelações (Sala 4)
[Dia 3]
16.30 pm - 17.30 pm
Theme: Constelações (Auditório)

BIOGRAFIA

  • Desde 1985, na sua prática privada desenvolveu seminários de aconselhamento psicológico e autoconhecimento com constelações familiares.
  • Faz seminários de supervisão e formação avançada, a nível nacional e internacional e em Instituições e institutos.
  • Coopera há muitos anos com a DGFS e na revista “Prática das constelações familiares “.
  • Publicações: “As constelações familiares. Noções básicas e Procedimentos” Heidelberg, 3a ed. 2014; “Origem, destino e liberdade. o Grupo Inconsciente nos Sistemas Familiares e Constelações Familiares”, Heidelberg 2016.

A sua primeira experiência com constelações familiares ocorreu, em 1982, com o próprio Bert Hellinger. Pouco depois, realizou constelações familiares com alunos de grupos de jovens ligados à igreja e no seu trabalho com os alunos com que trabalhava naquela época. Com Bert Hellinger, pode participar em mais dois seminários para trabalhar questões pessoais (principalmente Terapia Primária e Orientação Primária) e participou em muitos seminários de Bert Hellinger, como orientador e fez vários cursos de supervisão. Com a amizade pessoal que desenvolveu e muitas conversas foi-se familiarizando com o método das constelações familiares e Bert Hellinger foi-lhe confiando o trabalho de constelações familiares “segundo Hellinger”.  Desde 1985, regularmente e com muita frequência, realiza seminários “Life in Relationships”, nos quais trabalha principalmente com constelações familiares. Graças a anos de participação nas atividades organizadas pela Hunter Beaumont, Centro de Formação Internacional na Alemanha, teve muitos convites pessoais e ganhou experiência internacional, com constelações familiares, em quase todos os países da Europa, América do Norte e do Sul, Ásia e Austrália. Por iniciativa do Gunthard Weber participou na criação da “Associação Internacional de Soluções Sistémicas Segundo Bert Hellinger eV”  (IAG), participou na criação da organização da “Sociedade Alemã de Constelações Sistémicas DGfS eV” e na publicação da revista “A Prática da Constelação do Sistema”. Além de alguns artigos periódicos, em 2000, publicou o livro “Ah, que bom que eu sei. Contos de fadas e outras histórias na terapia sistémica-fenomenológica” (juntamente com Dr. Brigitte Gross Em Atman, no Brasil); “Ah! Que bom que eu sei. A visão sistémica nos contos de fadas”); em 2006, o livro “As constelações familiares. Princípios e procedimentos” (em Atman: “A Prática das Constelações Familiares”) e, em 2016, o livro “Origem, destino e liberdade. O grupo inconsciente nos sistemas familiares e constelações familiares” (também publicado com tradução para o português de Atman).

Suas experiências terapêuticas pessoais com Bert Hellinger abriram-lhe o acesso à sua própria história e ajudaram-no em muitas áreas da sua vida. O trabalho de Bert Hellinger foi determinante para a sua orientação profissional. Nunca quis ir para a área de trabalho de psicoterapia ou aconselhamento psicológico, após o seu trabalho educativo com jovens e estudantes, até conhecer o trabalho de Bert Hellinger. Identificou-se imediatamente e abriu a sua própria clínica de formação para terapeutas matrimoniais e familiares. Tudo isto trouxe-lhe uma imensa alegria, satisfação e viagens para outros países. Tem uma enriquecedora cooperação com a sua esposa Sieglinde, que trabalha como professora, formadora e conselheira de professores e de escolas, especialmente em consultas individuais com figuras. Fazem muitas viagens de seminários juntos.

As constelações familiares não são um método psicoterapêutico. Servem para ajudar a viver a vida, no sucesso das relações e na clarificação do passado familiar pela iluminação e reconciliação. Sob esses aspetos, também pode ter efeitos benéficos sobre os sintomas mentais e físicos, mesmo que isso não signifique terapia por trauma. Ajuda a ver onde estamos cegos ou apegados nos destinos dos outros, através da nossa compaixão infantil. Ajuda a pacificar o passado na própria alma, a encontrar novas possibilidades no relacionamento e na vida profissional pelo “reconhecimento do que é” e a preencher a nossa vida com uma nova força vital.

PALESTRA

Sistema familiar e história familiar – as constelações familiares clássicas

No início dos anos 80, no século passado, Bert Hellinger desenvolveu, com base na experiência de alguns psicoterapeutas humanistas as constelações familiares, que ficaram conhecidas mundialmente com este nome. Desde então, as constelações familiares foram ampliadas com muitas variações e extensões para outros campos sistémicos, como as organizações, mas não com o próprio Bert Hellinger. Nesta palestra, irá partilhar as suas experiências com o modelo clássico das constelações familiares e fundamentar o porquê de continuar a considerar que são as constelações familiares que melhor respondem às duas perguntas básicas da vida: Como o amor pode ser real?, Até que ponto estamos amarrados ao destino dos outros nos nossos problemas e conflitos de relacionamento?, Quais as especificações estruturais ou ordens que facilitam o sucesso dos relacionamentos, e como devemos lidar com o passado das nossas famílias para uma vida plena e bem-sucedida?

WORKSHOP

Com base em algumas preocupações dos participantes, o método das constelações familiares clássico é vivenciado e discutido. O workshop oferece a oportunidade de aprofundar os pressupostos das constelações familiares clássicas e a forma como estamos, muitas vezes, apegados às histórias dos nossos familiares que condicionam o destino de muitos nas nossas famílias.